BANDAGEM TERAPÊUTICA

BANDAGEM TERAPÊUTICA

Técnica que ajuda a aliviar a dor e auxilia no combate a lesões, através da utilização de uma fita elástica que busca a homeostase corporal e tecidual por meio de estímulos sensoriais externos e cutâneos. Existem diversos tipos de bandagens terapêuticas e suas aplicações estão condicionadas a particularidades, como princípios básicos material, técnica de aplicação e objetivos específicos. Na nossa clínica utilizamos as seguintes técnicas: Spiral taping e kinesio taping.

Spiral Taping

Consiste na colagem, em espiral, de fitas adesivas especiais, spiratex ou esparadrapo comum, sem medicamentos, com fins terapêuticos, sobre lugares específicos do corpo, mediante cuidadosa anamnese e testes especiais, como o Bi Digital ou O”Ring Test.

Este procedimento gera estímulos cutâneos que são levados ao cérebro pelas vias sensitivas e a resposta retorna pelas vias motoras e sistema nervoso autônomo, levando à melhora da circulação e regularização do metabolismo e tônus muscular. O Spiral Taping tem o mesmo efeito de um anti-inflamatório ou analgésico, age rapidamente no combate a dor, sendo bem toleradas por adultos, crianças e, principalmente em casos crônicos de doenças em idosos.

E uma terapia indolor e não invasiva – vem sendo utilizada com sucesso no combate a doenças como o reumatismo, artrite, lesões decorrentes de práticas esportivas e atividades profissionais. De baixo custo e praticamente não possui efeitos colaterais.

É fundamental que as aplicações das tiras sejam feitas em locais especializados e por profissionais habilitados e experientes na utilização da técnica. As tiras musculares para dores só irão funcionar se o ponto a ser estimulado tenha associação com os sintomas do paciente. A maneira como são coladas variam, e esse formato é importante pois depende dele o estímulo enviado ao cérebro.

As fitas devem permanecer no corpo por três dias. Depois desse tempo, é necessário retornar ao local onde foi feita a aplicação para uma nova avaliação. A aplicação é feita duas vezes por semana, podendo variar de acordo com o tratamento.

kinesio tape

A bandagem funcional ou kinesio tape, como é mais conhecida, foi desenvolvida com o objetivo de reabilitar ou habilitar a ação motora sem limitar o movimento. Por ser utilizada tanto na prevenção, no tratamento e na reabilitação das lesões.

A bandagem serve para várias funções diferentes, depende da demanda do paciente e do objetivo do terapeuta. Pode ser para sustentar, ajudar no movimento, empuxo inicial ou para dar amplitude ao movimento. Os principais benefícios são a sustentação da estrutura da forma que você coloca a fita, e com o calor o corpo, continua jogando sangue no local.

Muitos estudos têm explorado essa técnica de reabilitação em lesões, luxações e dores de um modo geral. Esses estudos vêm comprovar a eficácia da técnica em sua utilização isolada ou conjunta com demais tratamentos. E é atualmente considerada como um método de apoio à reabilitação e modulação de alguns processos fisiológicos.

O campo de aplicação é muito grande: da articulação temporomandibular até doenças do pé. E pode ser aplicada mesmo na gravidez e em todas as partes do corpo. A parte adesiva da fita contém uma cola acrílica impermeável que é ativada com o calor.
Graças a esses recursos a fita pode permanecer no corpo por 3-4 dias (mesmo no caso de transpiração e contato com a água).

Os resultados do Kinesio taping são rápidos, visíveis e mensuráveis imediatamente após a aplicação. Quando a fita é removida, é necessário esperar alguns dias antes do tratamento adicional na mesma zona para dar a possibilidade para a pele descansar. A técnica precisa ser orientada por um profissional da área, para que desta maneira seja direcionada não só a posição em que a fita tem de ficar, como a função da fita para aquela determinada patologia.